.

.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

PAGAMENTO DE FEVEREIRO DOS SERVIDORES EFETIVOS SAIRÁ NO DIA 6 DE MARÇO

O SINDSEP recebeu da Prefeitura de Ouricuri Ofício-PMO-SECAD nº. 010/2015 comunicando que o pagamento referente ao mês de fevereiro dos servidores efetivos ativos será efetuado no dia 6 de março.
Os servidores já receberam o salário de janeiro com o reajuste de 8,8% do salário mínimo e mais a atualização do Plano de Cargos e Careiras-PCC. 
Os professores vão receber o salário de fevereiro com o reajuste salarial do piso de 13,01% e atualização do PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração).
Segundo a Prefeitura os cálculos do retroativo do piso do magistério do mês de janeiro estão sendo realizados e há uma previsão de sair junto com o próximo pagamento, caso esse trabalho seja concluído em tempo hábil.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

PREFEITURA DE OURICURI AMEAÇA BLOQUEAR O SALÁRIO DO SERVIDOR QUE NÃO FIZER O RECADASTRAMENTO


A Prefeitura Municipal de Ouricuri vai bloquear o salário dos servidores que não se recadastrarem. Segundo o Chefe do Setor Pessoal Sr. Antônio Carlos a última chance será nos dias 19 e 20 de fevereiro de 2015. 
Para se regularizar, o servidor deverá comparecer ao Centro de Referência do Trabalhador (Cerest), localizado na Rua Euclides Bezerra Lins, nº. 116, Centro, Ouricuri-PE, (atrás do Açougue Público), munido dos documentos exigidos.

DOCUMENTAÇÃO QUE DEVE SER APRESENTADA NO ATO DO RECADASTRAMENTO:
-RG
-CPF
-Título de eleitor e comprovante da última votação
-Reservista ou dispensa da corporação para funcionários do sexo masculino
-Comprovante de residência atualizado
-Comprovante de grau de escolaridade ou habilitação exigida para o cargo
-Comprovante de registro em órgão de classe (quando se tratar de profissão regulamentada)
-Certidão de casamento e dos filhos (quando houver)
-Cartão de vacina de filhos menores de seis (06) anos
-Comprovante de escolaridade de dependentes até 14 anos
-Comprovante de cadastro no FGTS e PIS/PASEP
-Ato de nomeação ou contrato de trabalho
-Uma foto 3x4 recente
-Declaração expedida pelo chefe do setor ou secretaria atestando local de lotação e função

ATENÇÃO: O servidor que deixar de se cadastrar, sem justificativa, terá suspenso o pagamento de seu salário, devendo comparecer à prefeitura para regularizar a sua situação funcional. Comprovado que o servidor está efetivamente trabalhando, seus vencimentos serão normalizados.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Balancete de janeiro/2015

                                                 Clique na imagem para aumentar.

Balancete de dezembro/2014

                                                   Clique na imagem para aumentar.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

PROJETOS DE REAJUSTE SALARIAL PARA OS SERVIDORES SÃO APROVADOS PELOS VEREADORES POR UNANIMIDADE

Os projetos de reajuste salarial foram aprovados por unanimidade pelos vereadores. A sessão extraordinária foi convocada a pedido do SINDSEP que enviou na segunda-feira(2) à Câmara de Vereadores o Ofício 006/2015 solicitando a aprovação em 1º e 2º turnos dos projetos 001/2015 (reajuste do salário mínimo em 8,8%), 002/2015 (reajuste do piso dos professores em 13,01%) e 003/2015 (crédito especial para pagamento de vencimentos aos agentes de combate às endemias).
Os representantes do SINDSEP passaram o mês de janeiro preparando a Campanha Salarial de 2015. Foram atualizadas nove tabelas do PCC (Plano de Cargos e Carreiras) com base nos índices anunciados pelo Governo Federal, de 8,8% para os servidores e de 13,01% para os professores.
Houve uma intensa negociação com o Governo Municipal no sentido de viabilizar os reajustes para o mês de janeiro/2015. O SINDSEP contribuiu com a atualização das tabelas do PCC, enviou à prefeitura que preparou os projetos de lei e encaminhou à Câmara de Vereados.
Os PLs foram protocolados na Câmara de Vereadores pessoalmente pelo Prefeito Cezar de Preto às 12h, do dia 26 e deveriam ter sido votados na sessão ordinária do dia 27, porém foi retirado de pauta. Segundo os vereadores, no início de cada ano é obrigatória a formação das comissões internas da Câmara para tramitação de projetos de lei, o que ainda não havia sido feito.
No dia 28 representantes do SINDSEP estiveram reunidos com o Vereador Lela, presidente daquela sessão, solicitando que buscasse junto ao Presidente da Casa Vereador Gildejânio a realização de sessão extraordinária para aprovação dos PLs, uma vez que esse atraso estava prejudicando os servidores.
Somente no dia 2 de fevereiro, em reunião, representantes do SINDSEP e da Câmara chegaram a um acordo sobre a data da sessão extraordinária, que foi realizada na quarta-feira(4), às 14h, onde os PLs foram aprovados por unanimidade.
Em relação aos Agentes Comunitários de Saúde e os Agentes de Combate às Endemias o SINDSEP aguarda o anúncio do Ministério da Saúde do valor do novo piso para solicitar da prefeitura a atualização do salário. A tabela do PCC será a mesma para os ACSs e ACEs.