SINDSEP/OURICURI

Loading...

sexta-feira, 18 de julho de 2014

PREFEITURA DE OURICURI FARÁ PAGAMENTO ANTECIPADO DE METADE DO 13º AOS SERVIDORES EFETIVOS MEDIANTE REQUERIMENTO



A Prefeitura de Ouricuri decidiu antecipar a metade do décimo terceiro salário de 2014.
Em 2013 todos os servidores efetivos receberam 50% do 13º antecipado na folha de pagamento do mês de junho, sem a necessidade de requererem. Na época alguns servidores reclamaram dessa antecipação, alegando que preferiam receber todo de uma só vez. Entretanto, observamos que a maioria gostou da iniciativa do Governo Municipal, que para agradar a "gregos e troianos" este ano resolveu exigir dos servidores o requerimento solicitando o pagamento da metade do 13º salário.  A outra parcela deverá ser paga até o dia 20 de dezembro deste ano.
Os servidores sindicalizados poderão comparecer ao SINDSEP para os devidos encaminhamentos, caso desejem receber metade do seu 13º salário antecipado.

quarta-feira, 25 de junho de 2014

SINDSEP PEDE REUNIÃO COM O PREFEITO DE OURICURI PARA TRATAR SOBRE O PCC DOS SERVIDORES E PCCR DOS PROFESSORES


O SINDSEP/OURICURI, através do Ofício nº. 046/2014, solicitou do Prefeito de Ouricuri Cezar de Preto uma reunião para discutir sobre o Plano de Cargos e Carreiras-PCC dos servidores e do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração-PCCR dos professores.
Após a conquista histórica de implantação do PCC, o objetivo agora será a melhoria dos planos de carreiras, tanto dos servidores quanto dos professores.
O SINDSEP reivindica para os servidores a segunda parcela do Plano de Cargos e Carreiras-PCC dos servidores (Lei Mul. nº. 1.275/2013), onde ficou acertada a implantação em três anos. Para este ano o percentual das faixas passariam de 1% para 2% e das classes de 2% para 6%.
Outro ponto importante que precisa ser discutido é sobre a recuperação do intervalo da matriz I para a matriz II do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração-PCCR dos professores (Lei Mul. nº. 1.230/2011), considerando que era de 33,33% e foi reduzido com a anuência dos professores em assembleia geral para 10%.
Há uma boa expectativa de avanço nas negociações, considerando que houve um acréscimo na receita do FUNDEB observada no mês de maio/2014, registrando o maior repasse da história para Ouricuri de R$ 4.661.668,82, quando a média do primeiro quadrimestre de 2014 ficou em R$ 2.545.864,77 acréscimo de 16%, o que abre espaço para melhoria dos salários dos servidores.
Estamos organizando uma assembleia geral com os servidores, porém, antes precisamos de informações acerca das revindicações supramencionadas.
O Prefeito de Ouricuri Cezar de Preto se comprometeu com os servidores na implantação do PCC e posteriores melhorias a depender de dois fatores: da realização do concurso público e do aumento nas receitas municipais.

A Luta do SINDSEP em defesa da Lei do PCC é antiga e só terminará quando os servidores estiverem recebendo seus salários na plenitude da lei, ou seja, salários dignos, como também a melhoria das condições de trabalho com ênfase na saúde dos servidores para que tenham uma boa qualidade vida e assim prestem um bom serviço à população.


quarta-feira, 28 de maio de 2014

TCE assina Termo de Ajuste de Gestão com a Prefeitura de Ouricuri para melhoria da educação



O prefeito de Ouricuri, Antônio Cezar Araújo Rodrigues, assinou com o conselheiro Carlos Porto, relator das contas do município de 2014, Termo de ajuste de Gestão (TAG). 
O objetivo do compromisso assinado é o cumprimento, em prazos determinados, de medidas visando à melhoria da educação no município. 
As falhas no setor de ensino foram apontadas em relatório de auditoria de acompanhamento e se referem a tópicos relativos à gestão de merenda escolar, infra-estrutura das instalações das escolas, como a melhoria dos prédios e a análise da água utilizada pelos alunos; levantamento da necessidade de pessoal, dentre outros tópicos.
Dentre os principais prazos que o gestor municipal terá que cumprir, destacam-se: 60 dias – levantamento do número de alunos matriculados no exercício de 2014 e elaboração de cardápio de merenda escolar, para fins de atendimento dos alunos matriculados; 90 dias para realização de processo licitatório para aquisição de gêneros alimentícios; e 200 dias para a realização de concurso público para prover diversos cargos na educação municipal da Prefeitura.
Ainda ficou estabelecido no TAG que a Prefeitura comunicará ao Tribunal de Contas a adoção de todas as medidas implementadas pelo Município para o cumprimento dos prazos acima elencados. Em caso de não cumprimento do Termo, o prefeito se sujeitará ao pagamento de multa ao TCE, conforme estabelece o artigo 73 da Lei Orgânica do Tribunal.
http://www.tce.pe.gov.br/internet/index.php/noticias-tce/266-2014/maio/2292-tce-assina-termo-de-ajuste-de-gestao-com-a-prefeitura-de-ouricuri

Gerência de Jornalismo (GEJO), 27/05/2014

quarta-feira, 21 de maio de 2014

UNIVASF OFERECE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO GRATUITO EM OURICURI

Universidade Federal do Vale do São Francisco
Especialização em Docência em Biologia: duração de 18 (dezoito) meses, com previsão de início em junho/2014 e término em setembro de 2015.

Informações adicionais, relativas ao Curso, poderão ser obtidas no site da SEaD:

Serão oferecidas 30 (trinta) vagas para o Campus Ouricuri na modalidade à distância.

inscrição será realizada pela internet nperíodo de 12 a 25 de maio de 2014, na página da Secretaria de Educação a Distância da UNIVASF, através do Sistema de Processos Seletivos da Sead (Sipss), na opção Seleções: http://www.sead.univasf.edu.br/processoseletivo

A taxa de inscrição será de R$ 80,00 (oitenta reais) e o pagamento poderá ser efetuado até o dia 26/05/2014.

terça-feira, 20 de maio de 2014

RESULTADO DA PROVA BRASIL - RANKING DAS ESCOLAS

A Prova Brasil e o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb). São avaliações para diagnóstico do Inep/MEC e têm o objetivo de avaliar a qualidade do ensino oferecido pelo sistema educacional brasileiro a partir de testes padronizados e questionários socioeconômicos.
Nos testes aplicados na quarta e oitava séries (quinto e nono anos) do ensino fundamental, os estudantes respondem a itens (questões) de língua portuguesa, com foco em leitura, e matemática, com foco na resolução de problemas. No questionário socioeconômico, os estudantes fornecem informações sobre fatores de contexto que podem estar associados ao desempenho.
Professores e diretores das turmas e escolas avaliadas também respondem a questionários que coletam dados demográficos, perfil profissional e de condições de trabalho.
As médias de desempenho nessas avaliações também subsidiam o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), ao lado das taxas de aprovação nessas esferas.
A média do Brasil foi 37%, de Pernambuco foi de 19% e de Ouricuri 14%.

FONTE: http://www.qedu.org.br/

SAEB/2011: CONHEÇA OS RESULTADOS DAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE OURICURI:
1) MOYSES MENDES DA COSTA (N. SRA. DE FÁTIMA)
-Português: 5º ano-23%
-Matemática 5º ano-17%
2) SÃO SEBASTIÃO (CENTRO)
-Português: 5º ano-23%
-Matemática 5º ano-14%
3) BALDOMIRO PEDRO DA SILVA (N.SRA. DO CARMO)
-Português: 5º ano-21%
-Matemática 9º ano-12%
4) MINERVINO DAMASCENO COELHO (SANTA MARIA)
-Português: 5º ano-20%
-Matemática 5º ano-11%
5) MANOEL DELMONDES DE ARAUJO
-Português: 5º ano-20% e 9º ano-4%
-Matemática 5º ano-5% e 9º ano-2º
6) PROFESSORA MARIA DAS GRAÇAS (N. SRA. DE FÁTIMA)
-Português: 5º ano-16%
-Matemática 5º ano-3%
7) FRANCISCO GOMES MONTEIRO
-Português: 5º ano-14%
-Matemática: 5º ano-12%
8) ALTINA MARIA DE ALMEIDA (JATOBÁ)
-Português: 5º ano-9% e 9º ano-4%
-Matemática: 5º ano-3% e 9º ano-0%
9) ANISIO COELHO (CAPELA DE SÃO BRAZ)
-Português: 5º ano-8%
-Matemática 5º ano-20%
 10) DR. ULISSES GUIMARÃES
-Português: 5º ano-8%
-Matemática 5º ano-7%
11) JOAQUIM MANOEL DA SILVA (SANTA RITA)
-Português: 5º ano-8%
-Matemática 5º ano-0%
 12) SEBASTIÃO MELQUIADES DA SILVA (SANTA RITA)
-Português: 5º ano-6%
-Matemática 5º ano-0%
13) GINÁSIO SÃO PEDRO (BARRA DE SÃO PEDRO)
-Português: 9º ano-5%
-Matemática 9º ano-0%
14) GALDÊNCIO ALVES (POVOADO DO JACARÉ)
-Português: 5° ano-4% e 9º ano-4%
-Matemática: 5° ano-0% e 9º ano-0%
 15) ESCOLA RURAL OURICURI
-Português: 5º ano-0%
-Matemática 5º ano-0%
16) JOÃO NENEM DE MACEDO (POVOADO DO LOPES)
-Português: 9° ano-0%
-Matemática: 9º ano-0%
17) JOAQUIM ANGELIM FILHO (ALTO PARAISO)
-Português: 5° ano-0%
-Matemática: 5º ano-0%


Censo Escolar
O Censo Escolar é uma pesquisa que tem por objetivo fazer um amplo levantamento sobre as escolas de educação básica no país.
Algumas informações coletadas:
1.    Escolas: Infraestrutura disponível (local de funcionamento, salas, tipo de abastecimento de água e de energia elétrica, destinação do lixo, esgoto sanitário), dependências existentes (diretoria, secretaria, cozinha, tipo de sanitário, laboratórios, acessibilidade, quadra de esporte, parque infantil), equipamentos (computadores, acesso à Internet, aparelhos de TV, DVD, antena parabólica), etapas e modalidades de escolarização oferecidas; organização do ensino fundamental; localização, dependência administrativa, mantenedora e tipo de escola privada, escolas privadas conveniadas com o poder público, dentre outras.
2.    Alunos: Sexo, cor/raça, idade, etapa e modalidade de ensino que frequenta, nacionalidade, local de nascimento, turma que frequenta, utilização de transporte escolar, tipo de deficiência, dentre outras.
3.    Docentes, auxiliares/assistentes educacionais, profissionais/monitores de atividade complementar, tradutores/intérprete de Libras: sexo, cor/raça, idade, escolaridade (formação: nível e curso, instituição formadora), etapa e modalidade de ensino de exercício, turma de exercício, disciplinas que ministra, nacionalidade, função que exerce, dentre outras.
4.    Turmas: tipo de turma (escolarização, atividade complementar, classe hospitalar, unidade de internação, unidade prisional, atendimento educacional especializado - AEE), horários de início e de término, modalidade, etapa, disciplinas, dentre outras.

Os dados são coletados por meio de um sistema de acesso via Internet denominado Educacenso e ficam armazenados em um computador central nas dependências do lnep em Brasília.
O Censo Escolar é realizado anualmente. O período de coleta é definido por portaria, e, nos últimos anos, o início da coleta tem sido a última quarta-feira do mês de maio, nomeada como o Dia Nacional do Censo Escolar. Essa data de referência foi escolhida para se adequar ao calendário escolar de um país com a grandeza e a diversidade do Brasil.
Para identificar a situação de rendimento escolar dos alunos informados ao Censo Escolar, é feita uma segunda coleta, também com período definido por portaria, que, em geral, ocorre no início do ano seguinte à coleta da primeira etapa. Nessa coleta, as escolas informam se o aluno foi aprovado, reprovado ou deixou de frequentar a escola.

Responsabilidades
As autoridades do Poder Executivo dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, de acordo com suas respectivas competências, são responsáveis pela exatidão e fidedignidade das informações prestadas ao Censo Escolar. 
Os dados só podem ser lançados no sistema Educacenso com a identificação do informante, que está sujeito à Lei de Improbidade Administrativa - Lei nº 8.429/1992, caso os dados declarados sejam falsos, imprecisos ou não possam ser confirmados.
Ressalte-se, entretanto, que o sistema Educacenso controla todos os acessos mediante o CPF do informante, de modo que o Governo Federal estuda mecanismos legais específicos com o objetivo de responsabilizar o agente público que, por ação ou omissão, dolosa ou culposa, contribua direta ou indiretamente para inserção de dados incorretos no Educacenso.