segunda-feira, 9 de abril de 2012

CÂMARA DE VEREADORES DE OURICURI APROVA REAJUSTE DE 25% PARA OS PROFESSORES

O Prefeito de Ouricuri Ricardo Ramos enviou à Câmara de Vereadores de Ouricuri o Projeto de Lei que reajusta o piso dos professores da rede municipal de ensino de Ouricuri.
O PL prevê um reajuste de 25% sobre o salário base dos professores, percentual acima do índice do MEC de 22,22%.
O PCCR (Plano de Cargos, Carreira e Remuneração) também foi contemplado com o reajuste de 25%. 
O SINDSEP buscou durante toda a negociação sensibilizar o Governo Municipal em melhorar os percentuais da tabela do PCCR, no sentido de incentivar os docentes à formação continuada e atrair novos professores para o quadro efetivo. Porém não obtivemos êxito neste ponto da pauta, o Governo alegou dificuldades financeiras, ficando a discussão para outro momento.
O reajuste terá efeito retroativo ao mês de janeiro/2012.
Segundo do Presidente da Câmara Legislativa Vereador Gildejânio Melo o projeto tem caráter de urgência urgentíssima e com esse dispositivo previsto no Art. 48 da Lei Orgânica Municipal teve tramitação sumário, sendo que por um acordo dos líderes os pareceres foram orais e a votação em 1° e 2° turnos foi no mesmo dia.
Essa pressa deu-se por conta do período eleitoral que se aproxima e que poderia inviabilizar os reajustes acima dos previstos pela lei.
Segundo o Governo Municipal os professores deverão receber o reajuste de 25% e o retroativo na folha de pagamento do mês de abril/2012. Os professores aposentados e os pensionistas também receberão os benefícios.
Com isso o Governo Municipal cumpre o acordo firmado com a nossa Entidade Sindical e deixa aberto o caminho para negociação de outros pontos da pauta de reivindicações pendentes. "A presença dos professores na Câmara de Vereadores foi importante para sairmos de lá com a lei aprovada, serviu também de estímulo para continuarmos defendendo a categoria e seus direitos". Afirmou o Presidente do SINDSEP Professor Dhone Monteiro.

Esperamos que os professores continuem 
acreditando no seu Sindicato e participando das atividades relevantes à categoria.
A luta pela qualidade da educação envolve não só a questão salarial, mas principalmente a formação continuada dos docentes, a melhoria da estrutura física das escolas, material didático/pedagógico, merenda escolar permanente e de qualidade, assistência integral aos alunos e melhoria nas condições de trabalho dos profissionais da educação.





2 comentários:

  1. PAGAMENTOS NOVOS E OS ATRASADOS DO RETROATIVO NINGUEM COMENTA.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com a Vera! Tínhamos que receber os atrasados!

    ResponderExcluir